senhorita

senhorita

(ˌsɛnjəˈriːtə)
n
a term of address for a girl or an unmarried woman

se•nho•ri•ta

(ˌsin yəˈri tə, ˌseɪn-)

n., pl. -tas.
a Portuguese or Brazilian term of address for an unmarried girl or woman, equivalent to miss. Abbr.: Srta.
[1870–75; < Portuguese, diminutive of senhora]
Mentioned in ?
References in periodicals archive ?
Na realidade, com o pronome senhorita, os jornais brasileiros ressaltavam propositalmente o fato de Sarah ter um filho, mas nao ser casada com o pai do rapaz.
A unica caracterizacao dessa personagem feminina (por substantivo comum) esta em uma forma de tratamento ocorrente no dialogo: senhorita.
Em sua analise, tao correta, de Eureka, a senhorita fez o que na sua idade eu talvez nao teria sabido fazer, e o que numerosos homens maduros, e que se dizem letrados, sao incapazes de fazer.
E em O cura de Tours, a narracao sobre a conversa que se seguiu a entrevista de Cesar Birotteau com o advogado da senhorita Gamard, no salao da Senhora de Listomere, e interrompida por esta observacao:
For instance, critic Nestor Rangel Pestana, who also had attended her first exhibition at the Casa Mappin Store in 1914, wrote: "Quando a senhorita Anita Malfatti fez a sua primeira exposicao em S.
Basilia e a senhorita Bebe convidaram para entrar, em sua casa, um "moco bonito" que lhes deu carona de guarda-chuva, impressionadas com os bons modos e a boa aparencia do rapaz.
Tendo chegado o tempo, Senhorita, em que as severas leis dos homens nao mais impedem as mulheres de se aplicarem as ciencias e as disciplinas, parece-me que aquelas que tem facilidade devem empregar essa honesta liberdade que nosso sexo antigamente tanto desejou, para cultiva-las; e mostrar aos homens o equivoco em relacao a nos quando nos privaram do bem e da honra que delas podiam vir.
Exemplo 3: A senhorita Z (e na maior parte dos casos ela e apresentada como "senhorita") apresenta um dilema diferente.
Mas, ao fim de uma longa espera, e informado de que recebera uma visita, uma senhorita que queria ve-lo e que parecia ser quase uma crianca.
Contudo, o idioma exemplifica o carater singular, proprio de uma determinada lingua, revelando a especificidade do recorte que cada lingua faz da realidade, e isso se da quando se descobre, por exemplo, que o verbo "ser", numa frase em russo no presente do indicativo, simplesmente e omitido; que senhorita (fraulein) e um genero neutro em alemao; que os ingleses dizem "estou triste" (I am sorry), quando, na verdade, querem se desculpar; e que os alemaes dizem "a mim vai bem" (mir geht's gut).