Como

(redirected from Comum)
Also found in: Encyclopedia.

Co·mo

 (kō′mō)
A city of northern Italy near the Swiss border at the southwest end of Lake Como. Originally a Roman colony, it is in a resort area noted for its luxurious villas.
American Heritage® Dictionary of the English Language, Fifth Edition. Copyright © 2016 by Houghton Mifflin Harcourt Publishing Company. Published by Houghton Mifflin Harcourt Publishing Company. All rights reserved.

Como

(ˈkəʊməʊ; Italian ˈkɔːmo)
n
(Placename) a city in N Italy, in Lombardy at the SW end of Lake Como: tourist centre. Pop: 78 680 (2001). Latin name: Comum
Collins English Dictionary – Complete and Unabridged, 12th Edition 2014 © HarperCollins Publishers 1991, 1994, 1998, 2000, 2003, 2006, 2007, 2009, 2011, 2014

Co•mo

(ˈkoʊ moʊ)

n.
1. Lake, a lake in N Italy, in Lombardy. 35 mi. (56 km) long; 56 sq. mi. (145 sq. km).
2. a city at the SW end of this lake. 97,169.
Random House Kernerman Webster's College Dictionary, © 2010 K Dictionaries Ltd. Copyright 2005, 1997, 1991 by Random House, Inc. All rights reserved.
Translations
References in periodicals archive ?
A ciencia moderna nasce declarando guerra ao senso comum, estabelecendo graus de hierarquia entre os conhecimentos, pois aqueles oriundos dos sentidos e da percepcao comum seriam inferiorizados em relacao ao conhecimento alcancado a partir da razao.
A valorizacao filosofica do senso comum esteve ligada ao projeto politico de ascensao da burguesia, que ao chegar ao poder descartou o conceito filosofico do conhecimento vulgar, fazendo com que as ciencias naturais seguintes fossem produzidas sem leva-lo em consideracao.
Se do ponto de vista das ciencias naturais o senso comum ocupa uma posicao secundaria, do ponto de vista dos diversos autores reunidos neste artigo, esta posicao inferiorizada, relegada a segundo plano, podera ser questionada.
o ponto-de-vista do (...) praticismo; pratica sem teoria, ou com o minimo dela Na consciencia de senso comum "o pratico--entendido num sentido estritamente utilitario--contrapoe-se a teoria.
Ja Boaventura de Sousa Santos (3) ensina que o senso comum seria o tipico conhecimento afirmado com base nas experiencias vividas, e no contato com determinada realidade.
o menor denominador comum daquilo em que um grupo ou um povo coletivamente acredita" tendo, por isso, "uma vocacao solidarista e transclassista.
Em 13,4% das pecas, a sequencia dos ramos foi o tronco braquiocefalico, a arteria carotida comum esquerda e a arteria subclavia esquerda (Figuras 1 B e 2 B).
O tronco braquiocefalico emitiu em 83,3% dos casos uma arteria carotida comum esquerda, e milimetros depois uma arteria carotida comum direita, continuando-se para a direita como arteria subclavia direita (Figuras 1 A e 2 A).
A arteria carotida interna direita esteve presente como ramo da arteria carotida comum direita em 96,7% dos achados.
A arteria subclavia direita emitiu, de medial para lateral, como ramos colaterais principais, as arterias: vertebral como primeiro ramo em 53,3%; tronco comum cervical superficial-profunda como segundo em 33,3%; e tronco costocervical-toracica interna como terceiro em 50% dos achados (Figura 2 A).
O tronco costocervical, formado pelas arterias escapular dorsal e intercostal suprema, mais a arteria toracica interna foram emitidos da arteria subclavia em tronco comum, a direita, em 80% dos casos; sendo terceiro ramo em 50% (Figuras 2 A e 2 B), segundo em 20% (Figura 2 E) e primeiro ramo em 10% dos casos.
Em 30% dos casos, a arteria toracica interna esquerda originou-se da arteria subclavia esquerda em tronco comum com as arterias do tronco costocervical de forma variada, conforme a tabela 1.